Família de militar do Exército pede ajuda para custear translado de corpo

Flávio Augusto morava em Várzea Grande com a mãe e foi até Lucas do Rio Verde visitar o pai

Familiares e amigos de Flávio Augusto Figueiredo da Silva, de 22 anos – que morreu em um acidente na MT-449, em Lucas do Rio Verde (354 km de Cuiabá) – pedem ajuda financeira para trazer o corpo do jovem para Várzea Grande.

O acidente ocorreu na noite de quarta-feira (12).  Flávio Augusto era soldado do Exército Brasileiro.

Ele morava com a mãe no Bairro São Matheus, em Várzea Grande, e foi até Lucas do Rio Verde visitar o pai.

A prima dele, Barbará de Sá, contou que o jovem estava licenciado do Exército há seis meses, após sofrer um atropelamento em Cuiabá.

“Amigos de Flávio Augusto estamos precisando da colaboração de todos para suprir as despesas com translado e funeral.  Se você puder ajudar com qualquer quantia agradecemos, se não, ajude compartilhando com todos os amigos”, postou.

“É com muita tristeza em meu coração que peço aos meus amigos e colegas quem puder ajudar com as despesas do funeral do nosso amigo Flavio Augusto, que nos deixou esta madrugada. Nos ajude, sua colaboração será de grande valia neste momento de dor”, compartilhou outro familiar.

Quem puder ajudar pode fazer depósitos na conta da mãe do jovem, Gonçalina da Silva Figueiredo, no banco Bradesco, agência: 1263 7, conta: 0048880-1

O acidente

Segundo a Polícia Militar, a vítima perdeu o controle do carro que conduzia, um Gol vermelho, e invadiu a pista contrária, batendo de frente com uma carreta.

No veículo, ainda estava um amigo da vítima, de 20 anos. Ele foi socorrido e encaminhado com diversos ferimentos para uma unidade de saúde. Não há informações sobre o atual estado de saúde dele.

Já o condutor da carreta não ficou ferido.

A Perícia Oficial de Identificação Técnica (Politec) esteve no local.

O acidente será investigado pela Polícia Civil da cidade.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*