Exército envia mais 96 venezuelanos para quatro cidades do país

Desde abril deste ano, mais de 2,7 mil imigrantes foram interiorizados pelo Governo Federal

O Exército Brasileiro, por meio da Força-Tarefa Logística Humanitária, concluiu na manhã desta quarta-feira, 17, a 13ª etapa do processo de interiorização de venezuelanos. Ao todo, 96 imigrantes foram encaminhados para as cidades de Manaus, São Paulo, Curitiba e Distrito Federal.

Diferente do que ocorreu nos processos anteriores, o envio de hoje contou com a utilização de duas aeronaves, sendo um Boing 767 da Força Aérea Brasileira e um C99, também da FAB. Dos 96 imigrantes, 35 desembarcaram em Manaus (AM) e 13 em Brasília (DF). 22 deles seguem para São Paulo (SP), 10 vão para a cidade de Araçariguama (SP) e nove para Curitiba (PR).

Com mais esse envio, sobe para 2.768 o número de imigrantes interiorizados pelo Governo Federal. Desse total, 483 foram encaminhados para São Paulo (SP); 465 para Manaus (AM); 309 para Canoas (RS); 220 para Balneário Camboriú (SC), 195 para Porto Alegre (RS); 143 para Cuiabá (MT); 132 para o Rio de Janeiro (RJ); 113 para João Pessoa (PB); 99 para Curitiba (PR); 98 para Esteio (RS); 96 para Brasília (DF); 80 para Cachoeirinha (RS); 69 para Recife (PE); 61 para Goioerê (PR); 60 para Caicó (RN); 52 para Chapada (RS); 33 Igarassu (PE); 17 para Conde (PB); 16 para Guarulhos (SP) e 10 para Araçariguama (SP).

A seleção é feita pelo escritório do Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (Acnur), entidade parceira do Exército nas atividades humanitárias nos abrigos. Além de orientações sobre o processo, os imigrantes também passam por regularização documental e ações de imunização.

FONTE: Folha BV