Após atingir carro, soldado do exército morre ao bater contra portão e poste na Linha Verde

O jovem Djaime Mainardes Júnior, de 19 anos, soldado do Exército Brasileiro (EB), morreu na hora ao se envolver num acidente com a moto que pilotava e um carro de uma empresa de distribuição de livros. A colisão ocorreu na manhã desta terça-feira na entrada da empresa, que fica na marginal da Linha Verde, próximo ao cruzamento com a Rua Durval Pachêco de Carvalho, no Fanny, em Curitiba.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a motorista estava com o carro parado esperando abrir o portão da empresa quando o acidente aconteceu. “Ela foi em direção ao portão e acabou colidindo, ainda não sabemos dizer se viu o motociclista ou não”, disse o inspetor Josué.

Com o impacto, além de colidir contra o carro, o rapaz ainda bateu no portão da distribuidora de livros e depois colidiu contra o poste. Segundo os bombeiros, que até tentaram prestar o socorro, ele morreu na hora.

A motorista do veículo não quis conversar com a imprensa. Em choque após a colisão, a mulher precisou ser atendida por uma ambulância, mas não se feriu.

Depois de ser atendida por uma ambulância, a motorista do veículo passou pelo teste do bafômetro. A PRF informou que o equipamento apontou que ela não tinha feito uso de bebida alcoólica. A empresa à qual a mulher pertence e que também era a dona do veículo envolvido não quis se posicionar, mas afirmou ter imagens de câmeras de segurança que registraram o acidente.

O jovem militar estava a caminho de um curso do Exército. Por envolver o militar, vários colegas de farda do soldado foram ao local para também abrir um procedimento. As investigações ficam com a Polícia Civil, que deve apurar os detalhes sobre a velocidade em que o motociclista estava e também quem estava errado no momento da colisão.

 

FONTE: Tribuna PR