TRF julgará transferência do caso da Mineira para a Justiça Militar

O caso da Mineira

No momento em que o Exército desempenha papel importante na segurança do Rio, volta aos tribunais uma página trágica e infeliz da história da arma: a de três jovens, de 24, 19 e 17 anos, executados por traficantes. Moradores da Providência, os rapazes foram entregues a bandidos do Morro da Mineira, de facção rival à da favela em que viviam, por um grupo militar comandando pelo tenente do Exército Vinícius Ghidetti de Moraes Andrade.

Segue…

O caso tem dez anos. Nos próximos dias, o Tribunal Regional Federal, no Rio, julga recurso do MPF que tenta impedir que a ação contra o tenente saia da Justiça Federal e vá para a Justiça Militar. É que, ano passado, entrou em vigor a Lei 13.941, sancionada por Michel Temer, determinando que crimes contra a vida cometidos por militares das Forças Armadas contra civis sejam julgados pela Justiça Militar.

FONTE: O Globo

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*